Alimentos biológicos têm conteúdos nutricionais semelhantes aos restantes

Estudo publicado no "American Journal of Clinical Nutrition"

03 agosto 2009
  |  Partilhar:

Os produtos biológicos não apresentam benefícios nutricionais para a saúde superiores aos alimentos não-biológicos, concluiu um amplo estudo que analisou 162 artigos científicos publicados nos últimos 50 anos.
 

O estudo, encomendado pelo governo britânico, foi publicado no "American Journal of Clinical Nutrition".
 

A investigação realizada por cientistas da London School of Hygiene and Tropical Medicine revelou não terem sido verificadas diferenças importantes entre os nutrientes dos alimentos produzidos biologicamente e os alimentos convencionais, nomeadamente, em relação aos teores de vitamina C, magnésio, potássio, zinco e cobre. A revisão também indicou que os produtos biológicos apresentavam níveis mais elevados de fósforo, e as culturas produzidas convencionalmente tinham níveis mais elevados de nitrogénio.
 

Também o Organic Center, organismo norte-americano que promove a alimentação biológica, realizou um estudo, o qual chegou a conclusões semelhantes. Contudo, e de acordo com Charles Benbrook, cientista que coordena o centro, a análise aos produtos revelou que os alimentos biológicos contêm níveis maiores de antioxidantes e polifenóis, substâncias que, sabe-se, aumentam as defesas do sistema imunitário na luta contra doenças.
 

As vendas de alimentos biológicos têm vindo a cair em alguns mercados, como consequência da crise económica, contudo, este mercado movimenta biliões de euros nos países ocidentais.

 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.