Alimentação intravenosa contaminada mata três bebés na Alemanha

Oito permanecem em estado crítico

25 agosto 2010
  |  Partilhar:

Três bebés internados no Hospital Universitário de Maguncia, perto de Berlim, na Alemanha, morreram após terem recebido alimentação intravenosa contaminada com bactérias intestinais.

 


A notícia, veiculada pela agência Lusa, cita o porta-voz do Hospital, que confirmou a morte dos três bebés. Segundo as informações prestadas, dois dos 11 recém-nascidos que receberam alimento líquido, por via intravenosa, faleceram no passado sábado, tendo o terceiro óbito acorrido na terça-feira. Dos restantes oito bebés contaminados, um ainda permanece em perigo de vida e três continuam em estado crítico na Unidade de Cuidados Intensivos do mesmo hospital.

 


O responsável explicou que a alimentação em causa é constituída por nove componentes, fornecidos pela farmácia hospitalar, e garantiu já terem sido alterados os procedimentos de preparação da alimentação intravenosa.

 


As autoridades de saúde daquele país foram alertadas sobre o sucedido pela própria direcção do centro hospitalar e abriram um processo de investigação de homicídio por negligência e lesões graves, o qual está ainda a decorrer.

 


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.