Alimentação das mães pode definir cabelo dos filhos

Nutrientes activam determinados genes

03 agosto 2003
  |  Partilhar:

Um estudo efectuado no Centro Médico da Universidade Duke, nos Estados Unidos, sugere que a cor do cabelo dos filhos pode ser determinada pela alimentação das mães.
 

 

Este estudo mostra que alguns nutrientes influenciam a expressão dos genes definindo, no feto, quais os genes se «exprimem» e quais os que permanecem inactivos.
 

 

Na edição da passada sexta-feira do jornal «Molecular and Cellular Biology», os cientistas da Universidade Duke afirmam que conseguiram mudar a cor do pêlo de ratos bebés alimentando as mães com quatro suplementos: vitamina B12, acido fólico, clorina e betaine.
 

 

As fêmeas que receberam os quatro suplementos deram à luz bebés maioritariamente de pêlo castanho. As mamãs que não foram alimentadas com suplementos tiveram bebés de pêlo amarelo.
 

 

Uma análise detalhada dos resultados mostrou que os nutrientes adicionais «desligaram» o gene Agouti, que afecta a cor dos pêlos.
 

 

«Sempre soubemos que a alimentação da mãe tem um profundo impacto no sistema imunitário do bebé, mas nunca conseguimos compreender a relação causa-efeito», declarou Randy Jirtle, professor que orientou o estudo.
 

 

«Pela primeira vez, conseguimos mostrar com precisão de que maneira os nutrientes ingeridos pela mãe podem alterar permanentemente a expressão dos genes do seu bebé, sem alterar os genes em si», concluiu o professor.
 

 

Fonte: TSFOnline

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.