Alimentação: Cultivo de OGMs aumentou 20 por cento em 2001
11 janeiro 2002
  |  Partilhar:

A área cultivada com plantas geneticamente modificadas aumentou 20 por cento em 2001, uma tendência que se manterá em 2002, apesar da resistência dos consumidores de algumas zonas do globo, como a Europa.
 

 

Os agricultores plantaram cerca de 52 milhões de hectares de plantas geneticamente modificadas (GM) em 2001, mais 8 milhões que no ano anterior, de acordo com um relatório hoje divulgado pelo International Service for the Acquisition of Agri-Biotech Applications (ISAAA).
 

 

A área cultivada com plantas transgénicas em 2000, cerca de 44 milhões de hectares, era já quatro vezes maior que o território português, apesar dos receios dos governos europeus e da desconfiança dos consumidores.
 

 

Para 2002, o relatório do ISAAA prevê um crescimento de 10 por cento na superfície cultivada com plantas geneticamente modificadas.
 

 

Os Estados Unidos e a Argentina concentraram 90 por cento da superfície total cultivada com plantas GM no mundo e garantiram grande parte do crescimento em relação a 2000.
 

 

No entanto, indica o relatório, os agricultores chineses triplicaram a utilização de algodão GM, cujo cultivo atingiu os 1,4 milhões de hectares em 2001, quase um terço do total.
 

 

"Existiu muita especulação de que a área cultivada com plantas GM iria diminuir em relação a 2000", sublinhou Clive James, cientista e presidente do ISAAA.
 

 

O grupo é patrocinado por fundações, empresas de biotecnologia e por agências governamentais europeias e norte- americanas e procura responder às necessidades dos agricultores de países pobres em matéria de biotecnologia.
 

 

As plantas GM mais populares contêm genes de bactérias que as tornam mais resistentes aos insectos ou às ervas daninhas.
 

 

Em 2002, a Índia deverá aprovar a comercialização da primeira variante de algodão GM. Também no Brasil, aguarda-se para breve a aprovação das sementes de soja transgénicas.
 

 

Os EUA são claramente o país que lidera o processo (35 milhões de hectares de plantações GM em 2001) mas existem mais doze onde já se cultivam transgénicos: Argentina (11,7 milhões), Canadá (3,2 milhões), China, Bulgária, Austrália, África do Sul, Roménia, França, Espanha, Uruguai, México e Ucrânia.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.