Alguns lotes de Atarax retirados do mercado

INFARMED ordena suspensão imediata

08 junho 2011
  |  Partilhar:

A Autoridade Nacional do Medicamento (INFARMED) ordenou esta semana a “suspensão imediata” da comercialização de alguns lotes do medicamento Atarax, em solução injectável, devido à detecção de fissuras nas ampolas que “podem pôr em causa a sua esterilidade”.

 

De acordo com uma notícia difundida pela agência Lusa, que cita o sítio do INFARMED, esta entidade recebeu um alerta internacional, emitido pela agência belga, relativo à detecção de fissuras nas ampolas do medicamento Atarax, solução injectável, 100 mg/2 ml, que podem pôr em causa a sua esterilidade.

 

Entretanto, a empresa UCB Pharma (Produtos Farmacêuticos), informou o INFARMED que em causa estão os seguintes lotes: 30.041 (com a validade 30/06/2013), 37.014/2 (30/09/2015), 36.256/1 (28/02/2014), 37.014 (30/09/2015), 36.424 31/05/2014), 36.866/1 (30/04/2015), 36.671/1 (30/09/2014), 36.906 (30/04/2015), 36.671/3 (30/09/2014) e 36.783 (31/01/2015).

 

Em comunicado publicado no sítio oficial, o INFARMED informa que as entidades que possuam estes lotes de medicamento em stock “não o poderão vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução”. Por precaução, aconselha os utentes que tenham embalagens destes lotes a não os utilizar. O Atarax está indicado para o tratamento sintomático da ansiedade nos adultos, do prurido e na pré-medicação em cirurgia.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.