Algumas triterapias podem estimular resistência ao vírus

Investigadores alertam para consequências

11 fevereiro 2004
  |  Partilhar:

A simplificação de alguns tratamentos contra a sida, agora mais confortáveis para os pacientes, podem estimular a resistência ao vírus VIH, consideram investigadores reunidos em São Francisco numa conferência médica.Vários estudos apresentados na conferência assinalam o fracasso rápido de certos regimes que combinam três medicamentos da família dos nucleósidos/nucleótidos, que não conseguem impedir a reprodução do vírus ou lhe oferecem uma saída de socorro ao permitir-lhe mudar para poder entrar dentro da célula humana.«Se não tornamos a vida difícil ao vírus, ele ganha», resumiu John Mellors, da Universidade de Pittsburgh (Pensilvânia), sublinhando que a vontade de tornar o tratamento mais prático e melhor tolerado pelo paciente deve ter limites.Os investigadores, reunidos por ocasião do 11/0 Conferência anual sobre os Retrovirus, observaram em especial estes efeitos indesejáveis quando a combinação examinada não continha AZT. Um estudo efectuado com 24 pacientes a quem foi prescrito um tratamento constituído por uma dose diária de três medicamentos (Dinanosine, Lamivudine e Tenofovir) constatou que este «se traduziu numa alta probabilidade de fraca eficácia» em relação ao vírus, conjugada com «uma emergência rápida da sua resistência».Estes resultados «são uma prova da inferioridade dessas estratégias» no tratamento do vírus VIH-sida, escrevem os autores do trabalho, que foi dirigido por Joseph Jemsek, director da clínica com o mesmo nome em Huntersville (Carolina do Norte). Jemsek congratulou-se com a decisão imediata dos Centros de Controlo e Prevenção das Doenças (CDC) de Atlanta (Geórgia) de desaconselhar a combinação dos medicamentos testados na sua clínica.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.