Alerta contra tratamento hormonal

Infarmed desaconselha terapia de substituição

05 dezembro 2003
  |  Partilhar:

O Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed) está a recomendar restrições às terapêuticas hormonais de substituição prescritas às mulheres durante a menopausa para prevenção da osteoporose (descalcificação dos ossos), seguindo recomendações europeias nesse sentido.Estudos patrocinados pelas autoridades europeias reguladoras dos medicamentos concluíram que este tipo de terapêuticas acarreta mais riscos do que benefícios, pelo que não devem ser consideradas como primeira escolha na prevenção da osteoporose.Entre os riscos apontados nos resultados dos estudos efectuados, contam-se o aumento do perigo de contrair cancro da mama e de ocorrerem enfartes agudos de miocárdio e acidentes vasculares cerebrais.O alerta lançado pelo Infarmed foi já criticado por Albino Aroso, presidente da Associação Portuguesa de Osteoporose, que, em declarações à rádio TSF, o considerou «recipitado, afirmando estar convencido de que os tratamentos hormonais continuam a ter vantagem se forem administrados com moderação.»Fonte: Correio da Manhã

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.