Alergias podem proteger contra alguns tipos de cancro

Estudo publicado na revista “The Quarterly Review of Biology”

03 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um artigo publicado na edição de Dezembro da revista “The Quarterly Review of Biology” sugere que as alergias podem proteger contra certos tipos de cancro.
 

 

De acordo com investigadores da Cornell University, nos EUA, isso aconteceria porque os sintomas alérgicos podem expelir partículas estranhas do organismo, algumas das quais podem ser carcinogénicas; além disso, as alergias podem ser um sinal de alerta sobre o que deve ser evitado.
 

 

Examinando cerca de 650 estudos realizados nas últimas cinco décadas, os cientistas descobriram que relações inversas entre alergias e cancros são muito mais comuns com tumores de órgãos que estão em contacto directo com o ambiente externo – como boca, garganta, cólon e recto, pele, útero, pâncreas e células gliais cerebrais.
 

 

Da mesma forma, apenas alergias em tecidos em contacto com agressões ambientais – como eczema, urticária, alergia a pólen, a animais e a certos alimentos – têm relação inversa com o cancro.
 

 

Essa associação inversa era muito menos provável em tumores como o da mama, de células meníngeas do cérebro, da próstata, linfomas e leucemia, que são de tecidos mais isolados.
 

 

A relação entre asma e cancro do pulmão seria diferente. A maioria dos estudos indicava que a asma estava associada a maiores taxas de cancro do pulmão.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.