Alergias de contacto associadas a taxas mais baixas de alguns tipos de cancro

Estudo publicado na revista “BMJ Open”

15 julho 2011
  |  Partilhar:

Os sistemas imunitários de pessoas que sofrem de alergias de contacto podem estar preparados para protegê-las contra certos tipos de cancro, incluindo o da mama e do cérebro, sugere um estudo publicado na revista “BMJ Open”.

 

As alergias de contacto ocorrem devido ao contacto directo com produtos químicos e metais comuns, como o níquel.

 

No novo estudo, investigadores da Universidade de Copenhaga, Dinamarca, analisaram mais de 17 mil adultos daquele país que foram submetidos a testes de  alergias de contacto entre 1984 e 2008. Cerca de um terço (35%) tiveram resultado positivo para, pelo menos, uma alergia de contacto. As mulheres apresentaram uma maior probabilidade que os homens de sofrer de uma alergia de contacto, 41% e 26%, respectivamente.

 

Quando os autores do estudo analisaram os casos de cancro, a longo prazo, nos participantes, verificaram que homens e mulheres com alergias de contacto tiveram taxas significativamente menores de cancro da mama e de cancro de pele não melanoma, e as mulheres com alergia de contacto também tiveram menores taxas de cancro do cérebro, em comparação com aqueles que não sofriam de alergias de contacto.

 

Contudo, as pessoas com alergias de contacto apresentaram maiores taxas de cancro da bexiga, o que, segundo a equipa liderada por Kaare Engkilde, poderá dever-se aos níveis mais elevados de metabolitos químicos acumulados no sangue.

 

Os resultados não permitem aos cientistas tirar qualquer conclusão sobre a causalidade, sendo necessários mais estudos que analisem esta relação, referem os cientistas, em comunicado de imprensa. "No entanto, se estas relações são etiológicas, há implicações para entender como uma alergia de contacto pode afectar o desenvolvimento do cancro e vice-versa", apontam os cientistas no mesmo comunicado.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.