Álcool e relações sexuais desprotegidas

Abusar de bebidas alcoólicas aumenta risco de HIV

17 março 2003
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos identificaram uma grande incidência de casos de abuso de álcool entre os infectados com HIV. O estudo, publicado na edição deste mês da revista «Alcoholism: Clinical and Experimental Research», concluiu que 41 por cento dos infectados são alcoólicos.
 

 

Vários estudos indicam que os infectados com HIV que abusam do álcool sujeitam-se a práticas tais como o sexo sem protecção com múltiplos parceiros. Só por si, este tipo de comportamento aumenta as hipóteses de infecção por HIV. O que ainda não se sabe é se, além destes efeitos comportamentais, as intoxicações provocadas pelo álcool ou o seu consumo crónico influenciam a susceptibilidade a uma infecção, após contacto com o vírus», afirmou Earl Rozas, um dos autores do estudo.
 

 

Ao analisarem o vírus da imunodeficiência adquirida nos macacos, os investigadores descobriram que o consumo de álcool pode aumentar a possibilidade de se contrair HIV.
 

 

Vinte e dois macacos machos, entre os quatro e os seis anos de idade, foram injectados com álcool ou sacarose, quatro vezes por semana, ao longo de três meses. No fim deste período, 14 macacos estavam infectados com o vírus.
 

 

O estudo dos macacos permitiu que os investigadores conseguissem analisar os efeitos do consumo de álcool na fase primária da infecção, extremamente difícil de estudar nos humanos, dado ser raro identificar tão cedo pessoas infectadas pelo vírus.
 

 

Fonte:Diário Digital
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.