Álcool diminui capacidade de combater infecções virais

Estudo publicado no “BMC Immunology”

07 outubro 2011
  |  Partilhar:

O consumo de álcool prejudica a resposta do sistema imunitário contra infecções virais, nomeadamente, a resposta contra o vírus da hepatite C e do VIH, dá conta um estudo publicado no “BMC Immunology”.

 

Neste estudo os investigadores da University of Massachusetts Medical School, nos EUA, investigaram o efeito do álcool em monócitos colhidos do sangue de voluntários saudáveis. A equipa de investigadores liderados por Gyongyi Szabo focou-se em duas vias associadas à doença. Uma que é estimulada pelo RNA de cadeia simples dos vírus e mediada pelos receptores conhecidos por Toll-like receptor 8 (TLR8). A outra via é mediada pelo Toll-like receptor 4 (TLR4) e está envolvida no reconhecimento de bactérias.

 

O estudo mostrou que, tal como esperado, a activação destas vias conduziu a um aumento dos níveis de uma citoquina envolvida na resposta imune contra as infecções virais conhecida como interferão (IFN) tipo I. Contudo, os níveis desta proteína foram reduzidos pelo tratamento com álcool, o equivalente a quatro ou cinco bebidas por dia, durante sete dias.

 

Os investigadores também constataram que, de um modo similar, a estimulação destas vias aumentou os níveis de uma citoquina pró-inflamatória denominada factor de necrose tumoral (TNF) alfa. Porém, enquanto um único tratamento com álcool diminuiu os níveis de TNF alfa, o consumo prolongado de álcool aumentou os níveis da inflamação.

 

Em comunicado enviado à imprensa, o líder do estudo conclui que "o álcool tem um grande efeito na inibição da produção de IFN pelos monócitos, independentemente da via utilizada. Esta diminuição poderá prejudicar a capacidade do organismo no combate às infecções. Adicionalmente, o facto da produção do IFN tipo I ser diminuída, apesar dos níveis aumentados da citoquina pró-inflamatória devido à exposição crónica do álcool, sugere que esta exposição prolongada altera o equilíbrio imunológico da activação dos monócitos e diminui a resposta do hospedeiro a infecções provocadas por vírus de cadeia simples como é o caso do vírus da hepatite C”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.