Albumina na urina pode prever doenças renais

Estudo publicado no PLoS Genetics

17 agosto 2010
  |  Partilhar:

As lesões renais podem ser prevenidas através de um teste que detecte os níveis de albuminúria (presença de albumina na urina),apontam cientistas norte-americanos num artigo publicado na revista PLoS Genetics.

 

Os autores defendem que o teste pode conduzir a um melhor tratamento e prevenção das doenças renais. O novo estudo realizado por uma equipa da Johns Hopkins University, em Baltimore, EUA, refere que os pacientes com níveis elevados de albuminúria apresentam um risco cinco vezes superior de desenvolverem lesão renal aguda.A lesão renal aguda ocorre quando os rins perdem a capacidade de filtrar os resíduos do sangue, sendo uma doença que ocorre em 1,6% dos doentes hospitalizados.

 

A lesão renal aguda pode ser reversível se a pessoa não apresentar problemas de saúde, mas muitas vezes resulta em doença renal crónica e insuficiência renal, necessitando o paciente de diálise ou de transplante.Neste estudo, liderado por Morgan Grams, foram analisados os registos médicos de11.200 pacientes. Como parte dos cuidados médicos recebidos, todos eles foram submetidos ao teste de albuminúria.Segundo os cientistas, este teste deve ser feito por rotina nos pacientes hospitalizados, dado ser pouco dispendioso e poder conduzir a uma melhor prevenção de futuros danos nos rins.

 

Os cientistas salientam ainda que este teste oferece melhores resultados do que o método actual, designado de “taxa de filtração glomerular”.

 

Mesmo a presença de níveis baixos de albuminúria é indicativa da probabilidade de o paciente desenvolver lesão renal aguda.A lesão renal aguda pode ocorrer quando os pacientes recebem medicação ou produtos de contraste intravenoso para a realização de tomografia computadorizada. Contudo, esta condição também pode ter uma ligação genética. Ainda recentemente, cientistas da Decode Genetics, na Islândia, verificaram uma ligação entre uma variante genética e as concentrações de creatinina sérica, a proteína que indica a existência de doença renal crónica.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 3Média: 3.7
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.