Águas com gás têm "interesse" para a saúde

Opinião do médico hidrologista Luís Cardoso de Oliveira

11 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

As águas com gás naturais têm "interesse" não só para a digestão, mas também no combate da fadiga e na diminuição do risco cardiovascular, entre outros efeitos positivos, segundo o médico hidrologista Luís Cardoso de Oliveira.  

 

As águas minerais naturais gasocarbónicas apresentam-se sob a forma de bicarbonatadas sódicas, cálcicas, magnesianas ou mistas.  

 

Luís Oliveira, presidente do Colégio de Hidrologia Médica da Ordem dos Médicos, defende, num documento a que a Agência Lusa teve acesso, que o "interesse" dessas águas "estará na razão da presença ou teor destes constituintes, bem como de outros de teor muito mais reduzido, mas inexistentes no organismo, incapaz de os sintetizar e, por vezes, a única fonte de ingestão".  

 

Segundo o especialista, as águas minerais naturais gasocarbónicas - vulgarmente conhecidas por águas com gás - têm efeitos positivos não só na digestão, mas também no combate/prevenção da fadiga, na dieta, na prevenção da Osteoporose na mulher menopáusica, no metabolismo do colesterol, na Diabetes e na diminuição do risco cardiovascular.  

 

Luís Oliveira explica, também, que essas águas ajudam na prevenção da agressão da placa bacteriana nos dentes e têm uma acção de diurese sem favorecer a formação de cálculos renais, além de serem uma fonte de cálcio.  

 

Fonte: Lusa  

ALERT Life Sciences Computing, S.A.  

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.