Africanas testam gel que pode prevenir contágio por HIV

Mais de 10 mil mulheres participam em teste britânico

17 março 2006
  |  Partilhar:

Cerca de dez mil mulheres começaram a testar um gel que pode prevenir o contágio da Sida e outras DSTs (doenças sexualmente transmissíveis). O estudo britânico, envolvendo o microbicida PRO 2000, decorrerá nos próximos quatro anos.
 

 

Testes em laboratório demonstraram que o gel é capaz de bloquear a entrada de DSTs em humanos e proteger animais contra infecções. Desenvolvido pela companhia farmacêutica norte-americana Indevus, o PRO 2000 é aplicado na vagina sob a forma de gel.
 

 

O estudo arrancou com mulheres sul-africanas, mas, entretanto, já se estendeu à Tanzânia e à Zâmbia. Segundo os responsáveis, as mulheres aplicam o gel, mas também são aconselhadas a usar preservativo.
 

 

O estudo faz parte de um programa de 74 milhões de euros, financiado pelo Department for International Development (DFID) e pelo Medical Research Council (MRC).
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.