Administrar antibióticos a bebés pode contribuir para a obesidade

Estudo publicado pelo “International Journal of Obesity”

23 agosto 2012
  |  Partilhar:

A administração de antibióticos a bebés com uma idade inferior a seis meses pode contribuir para que essas crianças sejam mais tarde obesas, demonstraram os resultados de um estudo conduzido por investigadores da New York University School of Medicine, EUA.

 

Este estudo vem juntar-se a um conjunto de estudos cada vez maior que chama a atenção para os potenciais perigos dos antibióticos, principalmente quando administrados a crianças.

 

Leonardo Trasande, coautor do estudo, afirma que “geralmente pensamos que a obesidade é um problema que se deve em grande parte a uma dieta alimentar pouco saudável e à falta de exercício, mas cada vez mais estudos sugerem que é mais complicado”.

 

O estudo foi baseado na análise dos efeitos da utilização de antibióticos em 11.532 crianças nascidas em Avon, Reino Unido, entre 1991 e 1992. Os investigadores verificaram que as crianças que tinham sido expostas a antibióticos nos cinco primeiros meses de vida pesavam mais para o seu tamanho do que aquelas a quem não se tinha administrado antibióticos. 

 

A diferença de peso diminuía entre os 10 e os 20 meses mas acentuava-se novamente aos três anos e dois meses, sendo que 22 por cento das crianças que tinham sido expostas a antibióticos apresentavam uma maior possibilidade de virem a ter excesso de peso.

 

No entanto, os bebés que só tinham recebido antibióticos entre os seis e os 14 meses não apresentavam diferenças de peso relevantes em comparação com as outras crianças. Embora as crianças a quem tinham sido administrados antibióticos entre os 15 e os 23 meses apresentassem uma massa corporal ligeiramente superior aos sete anos de idade, não se verificava uma grande possibilidade de estas virem a ser obesas ou terem excesso de peso.

 

Jan Blustein, coautora do estudo afirmou que “desde há muitos anos que os agricultores sabem que os antibióticos são ótimos para produzir vacas maiores para o mercado”.

 

A autora acredita que “apesar de necessitarmos efetuar mais estudos para confirmar o que descobrimos, este estudo sugere que os antibióticos contribuem para o aumento de peso nos humanos, principalmente nas crianças”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.