Adesão à greve dos enfermeiros quase total no Centro Hospitalar do Funchal
05 abril 2001
  |  Partilhar:

A adesão dos enfermeiros do Centro Hospitalar do Funchal à greve nacional de hoje atinge os 90%, segundo o presidente do sindicato da classe na Região.
 

 

Juan Carvalho referiu que no Hospital da Cruz de Carvalho a adesão média global é de 80%, com variações entre os 75% e os 100% nos diferentes serviços. No bloco operatório muitas das cirurgias programadas não se realizaram.
 

 

No hospital dos Marmeleiros, a paralisação é de 98,5%, estando o serviço de hemodiálise a funcionar a 75%. Dois enfermeiros, por imposição legal, asseguram os cuidados mínimos aos doentes internados.
 

 

Dos dados recolhidos pelo Sindicato dos Enfermeiros da Madeira, em termos de prestação de cuidados primários de saúde, nos concelhos de Santa Cruz, Ribeira Brava, São Vicente e Porto Santo a adesão atingiu os 100% nos diversos centros de saúde, estando assegurados os serviços mínimos nos internamentos de Santana e Calheta.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.