Adenovírus tipo 3 matou crianças em Guimarães e Porto

Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge apresenta resultados das análises

08 junho 2003
  |  Partilhar:

O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge já identificou o tipo de vírus responsável pela morte das crianças que faleceram com pneumonia adenovírica nos Hospitais de Guimarães e S. João do Porto. Trata-se do adenovírus tipo 3.
 

 

Segundo uma investigadora do Instituto Ricardo Jorge, Helena Rebelo de Andrade, o tipo de vírus já foi identificado em anos anteriores e este ano não se tornou mais resistente. Este vírus está associado a infecções do trato respiratório superior e inferior.
 

 

Entretanto, os testes realizados às crianças que deram entrada no hospital no final da semana passada, e cujos resultados foram conhecidos na sexta-feira, revelaram que não foram afectadas pelo vírus.
 

 

A mesma fonte revelou que outras quatro crianças já estiveram internadas no hospital por causa do adenovírus e que as mesmas receberam alta hospitalar na passada semana.
 

 

No mesmo hospital encontra-se internada desde a semana passada uma outra criança em regime de isolamento, sendo a sua situação «estável».
 

 

Na quarta-feira, o vírus matou mais uma criança, no Hospital de São João, no Porto. Todavia, o director clínico, José Eduardo Guimarães, desdramatizou na quinta-feira a situação, relembrando que, com base em dados da Direcção-Geral de Saúde, o padrão registado este ano não é diferente dos anteriores e que «todos os anos há casos de infecções, alguns graves».
 

 

O ministro da Saúde, Luis Filipe Pereira, lamentou as mortes das crianças mas já afirmou que estes casos são «excepcionais».
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.