Adenovírus também se multiplica nas células adiposas

Estudo realizado pelo Pennington Biomedical Research Center

29 janeiro 2009
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas do Pennington Biomedical Research Center, na Louisiana, EUA, acredita que o adenovírus, altamente infeccioso e nocivo sobretudo para as vias respiratórias, também se pode multiplicar nas células adiposas.
 

 

A equipa de investigadores, liderada por Mikhil Dhurandhar, verificou, em laboratório, que frangos e ratos infectados por esse vírus engordavam muito mais depressa que as cobaias sãs, embora ingerissem a mesma quantidade de comida.
 

 

Os estudos realizados em humanos indicaram que quase um terço dos adultos obesos é portador desse vírus. Nos indivíduos que não sofrem excesso de peso apenas 11% são portadores do vírus.
 

 

"O vírus entra nos pulmões e propaga-se rapidamente pelo corpo. Viaja para vários órgãos e tecidos, como o fígado, rins, cérebro e tecido adiposo", explicou Mikhil Dhurandhar ao sítio da BBC.
 

 

"Quando o vírus chega ao tecido adiposo, multiplica-se, produzindo mais cópias de si mesmo, um processo que, por sua vez, aumenta o número de novas células adiposas”, adiantou o investigador.
 

 

O especialista referiu, contudo, que o vírus é apenas um factor entre os vários que conduzem ao excesso de peso e obesidade.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.