Acupunctura estimula fertilidade em mulheres

Prática milenar poderá ajudar a conceber

20 maio 2003
  |  Partilhar:

Para as mulheres que estão prestes a perder a esperança de conceber, esta pode ser uma grande notícia. Tudo porque, segundo uma equipa de investigadores da Cornell University e Meridian Medical, uma clínica privada, em Nova Iorque, as mulheres que tentam engravidar podem ser beneficiadas pela acupunctura.
 

 

O estudo, liderado pelo investigador Raymond Chang, refere que os benefícios da técnica para a fertilidade feminina revelou poder ajudar a reduzir o stress, aumentar o fluxo sanguíneo nos órgãos reprodutivos e ajudar a normalizar a ovulação, factores necessários para ajudar a conceber.
 

Por isso, adianta o cientista, as mulheres deveriam acrescentar a acupunctura aos tratamentos contra infertilidade.
 

 

«Quem tenta ter filhos costuma experimentar várias técnicas diferentes, e a acupunctura certamente é uma boa alternativa, já comprovada», acrescentou Chang.
 

 

A acupunctura, uma terapia antiga que surgiu na China há mais de dois mil anos, consiste na inserção de agulhas em pontos específicos do corpo. A teoria da medicina tradicional chinesa diz que esses pontos são conexões com vias de energia (meridianos) que correm pelo corpo, e a técnica ajudaria a manter esse fluxo energético natural.
 

 

Muitos estudos anteriores já demonstraram os benefícios da técnica quando associada a outros tratamentos de fertilização. Um destes estudos descobriu que as mulheres que acrescentam a acupunctura ao tratamento de fertilização in vitro apresentam mais probabilidades de engravidar do que as tratadas apenas com a técnica de reprodução medicamente assistida.
 

 

A fertilização in vitro envolve a recolha de um óvulo, fertilizado pelo espermatozóide do homem em laboratório. Os embriões resultantes são transferidos para o útero.
 

Chang adiantou que um estudo anterior também demonstrou algumas surpresas para as mulheres que usaram apenas a acupunctura.
 

 

Apesar de não terem recorrido a outros tratamentos de fertilização, estas mulheres mostraram uma maior propensão em conceber no mesmo prazo do que utilizaram medicamentos para combater os problemas de fertilidade. «Essa conclusão indica que a acupunctura pode ser usada sozinha como tratamento padrão», acrescentou o investigador à Reuters.
 

 

Em relação a explicações ocidentais sobre como a acupunctura poderia afectar a fertilidade, os cientistas descobriram que a técnica pode exercer influência sobre os centros no cérebro que afectam a ovulação, além de reduzir o stress.
 

 

Chang explicou que, como o stress pode impedir uma mulher de ovular, a sua ausência geralmente promove a fertilidade. Essa tendência poderá ajudar a explicar a razão pela qual muitas mulheres extremamente stressadas param de menstruar, mas também as razões que levam os casais a conceber quando estão em viagem ou em outras actividades de lazer.
 

 

O estudo também descobriu que a acupunctura pode aumentar o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos femininos, oferecendo-lhes uma melhor irrigação. Além disso, a acupunctura parece melhorar o revestimento do útero, local onde o embrião adere após a concepção. Esse revestimento é como a «terra do jardim», explicou Chang - se está desnutrido, o embrião não se fixa e a gestação não terá continuidade.
 

 

Chang reforça que muitas pacientes já estão a acrescentar a acupunctura a outros tratamentos para estimular a concepção. «Na minha opinião, cada vez mais as pacientes farão acupunctura porque perceberam que o melhor é tentar de tudo», adiantou.
 

 

Apesar dos resultados do estudo, Chang considera necessário realizar mais investigações para analisar os benefícios da acupunctura sobre a fertilidade feminina. E lembrou que a sua equipa está a planear um teste clínico para comparar mulheres submetidas à fertilização in vitro e à acupunctura e outras submetidas apenas à fertilização in vitro para determinar se o tratamento milenar funciona como uma técnica adicional.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.