Açúcar e o colo da mãe aliviam dor do bebé

Estudo publicado na revista “Pediatrics”

29 dezembro 2009
  |  Partilhar:

Dar um pouco de açúcar em conjunto com um abraço reduz a dor dos recém-nascidos quando lhes aplicam uma injecção, refere um estudo brasileiro publicado na revista “Pediatrics”, o qual incentiva esta prática, simples e barata.

 

Os recém-nascidos saudáveis, logo após o nascimento e antes de terem alta hospitalar, passam por vários e dolorosos procedimentos de rotina, que incluem vacinações, recolha de sangue e injecções intramusculares.

 

No estudo da Universidade Federal de São Paulo, o maior realizado até à data sobre a dor no recém-nascido, 640 bebés foram divididos em quatro grupos: um grupo de controlo, que não recebeu tratamento, e outros três grupos, que receberam dextrose (açúcar) na língua, contacto físico com a mãe ou dextrose em conjunto com contacto com a mãe. A equipa de cientistas não sabia o que é que as crianças estavam a tomar, mas, uma vez que não era possível impedir que os investigadores soubessem quais os bebés que estavam ao colo das suas mães, o estudo foi parcialmente cego.

 

Para medir o nível de dor após a vacinação de rotina foram utilizados indicadores estandardizados, como as expressões faciais, a duração do choro e a frequência cardíaca.

 

O grupo de crianças em que se combinou o contacto físico do abraço da mãe com uma colher de açúcar na língua do bebé dois minutos antes da picada apresentou uma redução “significativamente” maior do nível da dor do que as crianças pertencentes aos grupos em que se usaram as restantes técnicas analgésicas ou em que não se usou nenhuma técnica, asseguram os especialistas.

 

"O contacto, o odor da mãe e o som do seu batimento cardíaco bloqueiam os sinais de dor do sistema nervoso central e activam a libertação de hormonas analgésicas”, explicou em comunicado enviado à imprensa a líder da investigação, Ruth Guinsburg, a qual espera que os resultados tragam alento aos neonatologistas, pediatras e enfermeiros para aplicarem estratégias analgésicas simples, económicas e não farmacológicas, no sentido de reduzir a dor causada pelos procedimentos de rotina nos bebés saudáveis.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.