Actividade física estimula nascimento de neurónios

Trabalho publicado no “International Journal of Neuropsychopharmacology”

02 julho 2007
  |  Partilhar:

A prática de exercício físico estimula o crescimento de novas células cerebrais, o que pode ser a chave para tratamentos contra a Depressão, aponta um novo estudo publicado na revista “International Journal of Neuropsychopharmacology”. A descoberta confirma pesquisas anteriores sobre os efeitos antidrepressivos da prática de actividade física. Astrid Bjornebekk, do Instituto Karolinska, na Suécia, observou ratinhos geneticamente modificados para apresentarem comportamentos depressivos durante 30 dias. Apenas alguns desses animais tiveram livre acesso às passadeiras. A investigadora também utilizou um teste de natação, medindo quanto tempo os roedores ficavam imóveis na água e quanto tempo ocupavam a nadar. Quando deprimidos, os roedores ficavam a maioria do tempo imóveis. "Nos ratinhos deprimidos, a prática da corrida teve um efeito antidepressivo passados 30 dias", explicou Bjornebekk à revista “Live Science”. Mesmo os animais mais "preguiçosos" na passadeira despenderam muito mais tempo a nadar quando comparados aos ratinhos deprimidos que não correram. Os investigadores também examinaram a região do hipocampo cerebral, envolvida na aprendizagem e na memória. Segundo a pesquisa, houve um grande desenvolvimento de neurónios nos ratinhos deprimidos depois da prática de exercício físico. ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.