Actividade cerebral altera-se durante e depois do uso do telemóvel

Ondas electromagnéticas aumentam o fluxo de sangue no cérebro

05 dezembro 2002
  |  Partilhar:

A actividade do cérebro é modificada durante e depois da exposição às ondas electromagnéticas dos telemóveis, indica um estudo realizado por investigadores da Universidade de Zurique.
 

 

O Instituto de Farmacologia e Toxicologia desta Universidade suíça mediu a actividade cerebral das pessoas expostas às radiações emitidas pelos telemóveis antes de se deitarem e durante o sono.
 

 

Uma exposição de 30 minutos aos campos electromagnéticos com metade da potência máxima permitida por lei é suficiente para modificar o encefalograma até bastante tarde durante a noite, concluiu o estudo.
 

 

O fluxo de sangue no cérebro aumenta durante mais de meia hora depois de terminar a exposição à radiação mas a duração do sono não é afectada.
 

 

Apesar de estarem a dormir, os participantes na experiência foram submetidos às ondas electromagnéticas.
 

 

As fases de sono ligeiro diminuíram em relação a uma noite normal, concluíram os peritos.
 

 

Segundo os cientistas, a influência das ondas electromagnéticas de alta frequência no cérebro "ficou comprovada de forma evidente".
 

 

No entanto, as razões destes mecanismos fisiológicos são ainda desconhecidas, sendo necessária mais investigação, assinalou o responsável da equipa de investigação, Peter Achermann.
 

 

"É demasiado cedo para retirar conclusões sobre os efeitos destas radiações na saúde", sublinhou.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.