Açores: Taxa única de cinco euros para utilização de ambulâncias

Utentes acamados e inválidos ficarão isentos

01 maio 2006
  |  Partilhar:

 

 

O Governo açoriano anunciou a criação de uma taxa única de cinco euros para os utentes transportados em ambulâncias, com excepção para as situações de emergência, acamados e inválidos.
 

 

Com esta medida, o Governo Regional dos Açores pretende disciplinar o uso das ambulâncias - evitando situações abusivas - e aumentar as receitas das corporações de bombeiros, anunciou o secretário regional da Habitação e Equipamentos. "Entre 2000 e 2005, passamos de 31 mil transportes de doentes e serviços para mais de 60 mil", avançou José Contente, alegando que as verdadeiras situações de emergência, bem como os utentes acamados e inválidos, ficarão isentos do pagamento da taxa.
 

 

De acordo com o governante, o qual adiantou que o pagamento deverá ocorrer no fim do transporte, a introdução da taxa "será mais um complemento à receita das associações de bombeiros dos Açores", que vai permitir "cobrir despesas com a Segurança Social".
 

 

O secretário regional da Habitação e Equipamentos anunciou ainda que, dado o esforço acrescido dos actuais 168 tripulantes de ambulância existentes nos Açores, o serviço será reforçado com mais 25 elementos, colmatando necessidades já detectadas em algumas corporações de bombeiros.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.