Ácidos gordos ómega-3 sempre são benéficos

Estudo publicado no “Journal of Lipid Research”

04 dezembro 2012
  |  Partilhar:

O consumo de ácidos gordos ómega-3 afinal sempre é benéfico, de acordo com um estudo publicado no “Journal of Lipid Research”.
 

Nos últimos tempos têm vindo a público centenas de artigos que analisaram o possível efeito do consumo de ácidos gordos ómega-3 na prevenção de doenças cardíacas. Contudo, estes estudos produziram resultados contraditórios, muitas reclamações e também geraram muitas dúvidas nos consumidores.
 

No entanto, neste artigo de revisão, os investigadores da Oregon State University, nos EUA, tentaram encontrar os motivos que estavam por detrás de tais discrepâncias e perceber se o consumo de ácidos gordos ómega-3 era de facto benéfico.
 

O estudo conclui que o consumo de peixe e de suplementos ricos em ácidos gordos ómega-3 pode ajudar na prevenção das doenças cardíacas; Foi também observado que alguns ácidos gordos de determinadas fontes são mais eficazes que outros; e para além das doenças cardíacas, estes compostos são também benéficos para outros problemas de saúde. Finalmente, os investigadores concluíram que a grande eficácia das terapias para as doenças cardíacas pode, em parte, explicar os resultados controversos encontrados.
 

“Após décadas de investigação fica evidente que os ácidos gordos ómega-3 podem ajudar na prevenção das doenças cardíacas”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Donald Jump.
 

“Contudo, ainda não está bem claro se o óleo de peixe tem impacto em eventos cardiovasculares futuros em pacientes com doenças cardíacas. Para o investigador, estes resultados controversos podem ser explicados pela eficácia dos atuais tratamentos.
 

“Alguns estudos foram realizados antes do aparecimento e utilização de fármacos bastante eficazes. Adicionalmente as pessoas esquecem-se que os nutrientes, como é o caso do óleo de peixe, são menos eficazes que os fármacos e que apresentam efeitos mais evidentes quando utilizados durante períodos longos”, explicou Donald Jump.
 

Na opinião do investigador os ácidos gordos apresentam benefícios, só que em pessoas que já estão a tomar medicamentos para o tratamento de doenças cardiovasculares, os seus benefícios são reduzidos.
 

Por último, vários estudos têm demonstrado que os benefícios dos ácidos gordos ómega-3 vão para além das doenças cardiovasculares. O seu consumo tem sido associado a uma melhor acuidade visual e função cognitiva, redução da demência, inflamação, alguns tipos de cancro e mortalidade total.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.