Ácidos gordos envolvidos no desenvolvimento da artrite e leucemia?

Estudo publicado na revista “Cell Metabolism”

12 janeiro 2015
  |  Partilhar:

Os ácidos gordos associados à obesidade e diabetes também podem contribuir para o desenvolvimento da artrite e da leucemia, sugere um estudo publicado na revista “Cell Metabolism”.

Os investigadores da Universidade de Washington, nos EUA, constataram que as enzimas envolvidas na conversão dos hidratos de carbono em determinados tipos de ácidos gordos, denominados éteres lipídicos, desempenham um papel importante na sobrevivência de um tipo de células imunes, os neutrófilos.
 

Os neutrófilos são um tipo de leucócitos que ajudam o organismo a combater infeções, especialmente as infeções causadas por bactérias e fungos. Contudo, a presença de um número excessivamente elevado destas células no sangue, uma condição conhecida por neutrofilia, pode ser um sinal de inflamação e está associada à artrite reumatoide. A neutrofilia é também comum nos indivíduos com leucemia.
 

Neste estudo, os investigadores utilizaram ratinhos geneticamente modificados incapazes de produzir enzimas responsáveis pela formação deste tipo de ácidos gordos. O estudo apurou que, na ausência destes lípidos, os ratinhos perdiam peso rapidamente e o número de leucócitos reduzia muito. A ausência deste tipo de ácidos gordos parecia matar os neutrófilos.
 

Os investigadores verificaram ainda que as enzimas que eram incapazes de produzir os éteres lipídicos tinham por alvo os neutrófilos e evitavam destruir outro tipo de leucócitos. Verificou-se também que as enzimas matavam apenas os neutrófilos maduros, evitando as suas células precursoras.
 

De acordo com um dos autores do estudo, estes resultados poderão abrir portas para o desenvolvimento de tratamentos contra a leucemia e artrite reumatoide. “Esta pode ser uma via para limitar a inflamação. Se conseguirmos reduzir a atividade destas enzimas sem as eliminar completamente, seria possível diminuir os níveis dos éteres lipídicos e ajudar potencialmente os pacientes com leucemia e doenças inflamatórias, como a artrite”, conclui o investigador.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.