Ácido fólico previne 75 por cento das malformações do tubo neural nos bebés

Alerta da Associação «Spina Bifida e Hidrocefalia» de Portugal

05 abril 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

Estima-se que se as futuras mamãs consumissem ácido fólico em quantidades suficientes, antes de engravidarem, diminuíram até 75 por cento a possibilidade dos seus bebés nascerem com malformações do tubo neural. Anualmente nascem em Portugal mais de 100 crianças com defeitos do tubo neural (DTN), provocados pelo incorrecto desenvolvimento do sistema nervoso ou do canal neural, dos quais o mais comum é a spina bifida.
 

 

O ácido fólico, também denominado de vitamina B11, encontra-se em vários alimentos como os brócolos, feijão, lentilhas, espinafres e reduz as probabilidades de defeito do tubo neural, a incidência de anomalias e outros defeitos estruturais no feto ao mesmo tempo que diminui o risco de doenças cardiovasculares e as tromboses venosas. Sem esta vitamina, a coluna pode não fechar apropriadamente durante as primeiras semanas de gravidez e o bebé pode nascer com deficiências graves.
 

 

De acordo com Luís Quaresma, Presidente da Direcção da Associação de «Spina Bifida e Hidrocefalia» de Portugal, é importante salientar que o ácido fólico deve ser tomado não apenas aquando da gravidez, mas sempre que exista a possibilidade da mulher engravidar. É nesse sentido que a ASBIHP decidiu juntar-se a uma campanha internacional desenvolvida pela Federação Internacional das Associações de Spina Bifida e Hidrocefalia, para divulgar junto do grande público a importância desta vitamina.
 

 

A spina bifida é uma malformação da coluna vertebral resultante de um defeito na formação das vértebras, ocasionando uma fenda que causa danos ao sistema nervoso central. As crianças que padecem desta doença têm um maior risco de mortalidade ou de sofrer outras complicações devido ao facto do tubo neural e os terminais nervosos não estarem protegidos adequadamente pelos músculos, a pele e os ossos, e pelo contrário estarem revestidos por uma fina membrana.
 

 

A maioria dos bebés com spina bifida sofre também de hidrocefalia que consiste na acumulação de fluido cefaloraquidiano, originada por um desequilíbrio na produção e na drenagem desse líquido.
 

 

A Associação "Spina Bifida e Hidrocefalia" de Portugal é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que presta apoio a pessoas com spina bifida e hidrocefalia. Desenvolve várias actividades que visam o desenvolvimento da auto-estima das pessoas afectadas por estas doenças, a sua integração social e consequente combate ao isolamento.
 

 

MNI-Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.