Ácido acetilsalicílico reduz risco de asma em mulheres

Estudo publicado na revista “Thorax”

11 agosto 2008
  |  Partilhar:

Um estudo realizado pela Harvard Medical School, Boston, nos EUA, e publicado na revista “Thorax”, revela que o uso de ácido acetilsalicílico reduz o risco de aparecimento de asma na idade adulta.
 

 

O estudo teve por objectivo avaliar o efeito de 100 mg de ácido acetilsalicílico ou placebo, em dias alternados, sobre o risco de asma em mulheres com início na idade adulta.
 

 

Entre as 37.270 mulheres sem registo de asma na história clínica, durante 10 anos de acompanhamento, houve 872 novos casos diagnosticados de asma no grupo do ácido acetilsalicílico e 963 no grupo placebo. Este risco relativo, aparentemente 10% menor, de aparecimento de asma na idade adulta entre as mulheres que tomavam ácido acetilsalicílico foi significativamente modificado pelo índice de massa corporal (IMC), sem efeito em mulheres com Índice de Massa Corporal ≥30 kg/m2.
 

 

O efeito do ácido acetilsalicílico no aparecimento de asma não foi modificado significativamente pela idade, tabagismo, nível de exercício, uso de Terapia de Substituição Hormonal na pós-menopausa ou uso aleatório de vitamina E.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.