Ácido acetilsalicílico previne lesões no fígado provocadas por medicamentos

Estudo publicado no “Journal of Clinical Investigation”

30 janeiro 2009
  |  Partilhar:

O ácido acetilsalicílico pode impedir os danos no fígado causados pelo consumo de outros medicamentos e pelo abuso de álcool, revela um estudo publicado no “Journal of Clinical Investigation”.
 

 

O estudo da Universidade de Yale, em Connecticut, nos EUA, refere que a administração de ácido acetilsalicílico diminuiu o índice de mortalidade nos ratos expostos a doses altas de paracetamol.
 

 

Ao estudarem a forma como o álcool e o paracetamol danificam o fígado, os cientistas descobriram que essas substâncias provocam danos iniciais que, por sua vez, desencadeiam uma reacção inflamatória.
 

 

O estudo concluiu que existe uma probabilidade muito menor das cobaias morrerem após terem recebido doses muito altas de paracetamol se lhes tiver sido também administrada uma pequena dose de ácido acetilsalicílico.
 

 

Os cientistas verificaram que o ácido acetilsalicílico é capaz de bloquear um receptor químico das células do fígado (receptor TLR). Este receptor seria o desencadeador do processo inflamatório.
 

 

Desta forma, está dado um passo para a elaboração de novos fármacos: uso do ácido acetilsalicílico nos medicamentos que demonstrarem serem tóxicos para o fígado.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar