Abuso de analgésicos pode dar dor de cabeça

Cuidado com o abuso de medicamentos!

26 junho 2001
  |  Partilhar:

Um estudo ,publicado recentemente no Journal of Child Neurology e realizado por cientistas israelitas, parece demonstrar que o abuso de medicamentos correntes para aliviar a dor pode levar a dores de cabeça crónicas.
 

 

Fármacos tão comuns e acessíveis como a aspirina, a codeína e outros da família dos anti-inflamatórios não esteroides como o acetaminofeno podem desencadear estes fenómenos crónicos.
 

 

Já foi documentado há mais de uma década atrás que o abuso de medicamentos para as dores leva a dores de cabeça em mais de 15% dos adultos que procuram uma clínica especializada. Mas pouco se sabia acerca do que acontecia com as crianças.
 

 

Os investigadores acompanharam, durante 3 anos, 26 adolescentes que sofriam de dores de cabeça crónicas. No início do estudo as crianças afirmaram ter dores de cabeça numa média de 25 dias por mês. O número médio de medicamentos ingeridos por pessoa durante uma semana era de 28, sendo que 16 dos inquiridos usavam medicação para as dores todos os dias.
 

 

Dois messes após terem parado com toda a medicação, as crianças diziam sofrer de dores de cabeça em menos de três dias por mês. Uma diminuição notável.
 

 

Os investigadores ainda não sabem ao certo porque razão o abuso de medicamentos pode levar a dores de cabeça crónicas, mas muitos acreditam que o uso prolongado destes fármacos inibe o cérebro de produzir as suas próprias substâncias endógenas de protecção contra a dor. É como se o organismo fosse ficando dependente da substância ingerida.
 

 

Os autores do estudo aconselham pediatras, pais e educadores a proteger as crianças do abuso destas substâncias. Aconselham ainda a não prolongar o tratamento a mais de dois dias por semana.
 

 

"Se o seu filho precisar de mais então devem procurar outras formas de terapia preventiva", diz um dos autores do estudo.
 

 

Helder Cunha Pereira
 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters Health

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.