Abuso de álcool na adolescência causa danos cerebrais

Estudo da University of Cincinnati

06 julho 2011
  |  Partilhar:

O consumo excessivo de álcool (“binge-drinkers”, na expressão em inglês) por jovens e adolescente pode causar graves danos ao cérebro, que ainda se encontra em fase de desenvolvimento, adverte um estudo da University of Cincinnati, EUA, apresentado na reunião anual da Research Society on Alcoholism.

 

Exames de alta resolução realizados ao cérebro de 29 jovens, com idades entre os 18 e os 25 anos, que bebiam álcool em excesso – em mulheres, registava-se pelo consumo rápido de quatro ou mais bebidas e de cinco ou mais bebidas nos homens - durante os fins-de-semana, estava associado a um estreitamento cortical do córtex pré-frontal, a parte do cérebro relacionada com o funcionamento executivo, como prestar atenção, planear e tomar decisões, processar emoções e controlar impulsos, levando a um comportamento irracional.

 

A equipa liderada por Tim McQueeny analisou a massa cinzenta do cérebro, as partes das células cerebrais que processam o pensamento, a recepção e a transmissão de mensagens. "Encontrámos provas de que beber em excesso está associado à redução da integridade da substância branca, as auto-estradas do cérebro que comunicam as mensagens neuronais, mas o álcool pode afectar a massa cinzenta de forma diferente da branca", apontou o cientista, em comunicado.

 

Segundo o comunicado de imprensa, o líder da investigação está agora interessado em prosseguir a investigação para analisar se o consumo excessivo de álcool afecta as massas cinzenta e branca de forma diferente ou se ambas são igualmente afectadas.

 

"O álcool pode ser neurotóxico para as células neuronais, ou, uma vez que o cérebro está em desenvolvimento numa pessoa de 20 anos, poderia interagir com factores de desenvolvimento e, possivelmente, alterar as formas pelas quais o cérebro ainda está a crescer", explicou o especialista.

 

McQueeny adverte ainda para o facto dos efeitos depressores do álcool surgirem mais tarde na vida, portanto o efeito do álcool pode ser muito estimulante para os jovens e activar a tolerância ao longo do tempo, conduzindo a condições de alcoolismo em adultos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.