Aborto: Personalidades mundiais pedem absolvição...

...para mulheres julgadas em Setúbal

07 julho 2004
  |  Partilhar:

Quase trezentas personalidades de todo o mundo subscreveram uma Declaração de Solidariedade Internacional apelando à absolvição das três mulheres em julgamento no Tribunal de Setúbal acusadas da prática de aborto.A Declaração de Solidariedade Internacional foi lançada pela deputada europeia Ilda Figueiredo (PCP), que já conseguiu a assinatura de personalidades tão diversas como a pintora portuguesa Paula Rêgo ou a deputada europeia Emma Bonino.«Em nome da saúde e da dignidade das mulheres portuguesas», o documento apela às instituições nacionais que «tomem medidas urgentes e efectivas que ponham termo à dura realidade do aborto clandestino» e que lutem contra a «legislação que permite a perseguição, julgamento e condenação das mulheres».Os signatários da declaração consideram que a manutenção da actual legislação portuguesa é «uma ofensa à dignidade das mulheres» e que as três arguidas no processo a decorrer no Tribunal de Setúbal foram «perseguidas policial e judicialmente e tratadas como criminosas».A declaração foi subscrita por 49 deputados do Parlamento Europeu, 43 personalidades individuais e 200 membros de organizações e instituições internacionais de países tão variados como o Cazaquistão, Estados Unidos da América, México, Reino Unido ou Bukina Faso.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.