Aborto espontâneo relacionado a maior risco de enfarte do miocárdio

Estudo publicado na revista “Heart”

17 dezembro 2010
  |  Partilhar:

As mulheres que sofrem abortos espontâneos recorrentes têm um maior risco de enfarte agudo do miocárdio durante a vida adulta, refere um estudo publicado na revista “Heart”.

 

Para a investigação foram analisados dados de mais de 11.500 mulheres que estiveram grávidas, pelo menos, uma vez. Foi verificado que 25% dessas mulheres tinham sofrido, pelo menos, um aborto espontâneo detectável e 2% tinham tido um nado-morto.

 

Durante o período de acompanhamento que decorreu durante quase dez anos, 82 mulheres tiveram um enfarte agudo do miocárdio e 112 foram acometidas por um AVC (acidente vascular cerebral). Contudo, os cientistas salientaram, em comunicado enviado à imprensa, não ter havido uma relação significativa entre qualquer tipo de perda da gravidez e AVC.

 

Cada aborto espontâneo aumentava o risco de enfarte em 40% e mais de dois abortos espontâneos aumentou o risco em mais de quatro vezes. As mulheres que tiveram mais de três abortos espontâneos tiveram um risco cinco vezes maior. O estudo também descobriu que ter, pelo menos, um nado-morto aumentava o risco de enfarte agudo do miocárdio em 3,5 vezes.

 

Segundo assinalaram os investigadores, “muitas mulheres no estudo que tiveram um nado-morto tendiam a ser menos activas fisicamente e a apresentarem maiores taxas de diabetes e de hipertensão, factores associados ao risco de doença cardíaca. Aquelas que tiveram abortos espontâneos apresentaram uma propensão três vezes mais elevada de estarem acima do peso, outro factor de risco”.

 

O grau de risco associado com a ocorrência de abortos espontâneos recorrentes foi reduzida quando os cientistas tiveram em conta factores importantes de enfarte agudo do miocárdio, tais como tabagismo, peso e o consumo de álcool, mas, mesmo assim, o risco ainda era cinco vezes maior do que o normal.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.