Abordagem terapêutica integral promove sucesso de doentes com esquizofrenia

Estudo apresentado no VI Congresso Internacional

29 junho 2009
  |  Partilhar:

Os doentes com esquizofrenia beneficiam, de um modo muito mais completo, de "uma abordagem terapêutica integral". Esta é a conclusão de um estudo português apresentado no VI Congresso Internacional de Esquizofrenia, realizado no Porto.

 

O estudo, liderado pelo psiquiatra Marques Teixeira, envolveu um grupo de 12 doentes do Centro Hospitalar Conde Ferreira, Porto, com o objectivo de estimular os doentes a melhorar os seus hábitos alimentares, a serem mais activos e a expressarem as emoções pela arte.

 

No âmbito deste estudo, denominado "Estilos de Vida com Vista a Viver em Equilíbrio", os doentes foram acompanhados, ao longo de vários meses, por uma equipa multidisciplinar, que integrou também um nutricionista e professores de educação física, dança e de expressão plástica.

 

Os investigadores concluíram que todos os doentes melhoraram os seus níveis de concentração, criatividade, autonomia, motivação, dinâmica de grupo e também a sua adesão ao tratamento.

 

Marques Teixeira, citado pela agência Lusa, salientou a importância da inclusão dos doentes em grupos de estimulação da psicomotricidade e de expressão plástica, como formas de apreensão de estilos de vida promotores de bem-estar.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.