Abandono de idosos nos hospitais pode ser prevenido

Alerta da presidente da Associação dos Profissionais do Serviço Social

18 maio 2011
  |  Partilhar:

O abandono de idosos nos hospitais é um problema que poderia ser prevenido pelos profissionais nos centros de saúde, a quem cabe não apenas medir a diabetes ou a tensão arterial, mas evitar que situações destas se agudizem, afirmou a presidente da Associação dos Profissionais do Serviço Social (APSS), Fernanda Rodrigues.

 

Este abandono é uma realidade em várias instituições de saúde públicas, que não sabem como encaminhar alguns idosos após a alta clínica, por estes não terem para onde ir nem família que os acolha. Em entrevista à Lusa, Fernanda Rodrigues defendeu que os cuidados de saúde primários devem identificar os idosos em risco de serem abandonados nos hospitais, uma situação que tende a aumentar com a crise. A especialista sublinhou que os idosos, as crianças e os deficientes são "o elo mais fraco" da crise e que são cada vez mais as situações emergentes a que os profissionais dos serviços sociais têm de responder.

 

Fernanda Rodrigues lembrou que a Federação Internacional dos Assistentes Sociais, a que a APSS pertence, foi das primeiras organizações a tentar saber as consequências desta crise e sobre isso mesmo indagou as associadas. No caso português, a APSS já traçou o quadro dos efeitos da crise em Portugal, registando "uma recorrência acrescida aos serviços públicos e privados", nomeadamente estes últimos, em busca de apoios.

 

A responsável alerta ainda para os efeitos do desemprego quando este atinge os dois elementos da família - o que não é nada invulgar - com consequências mais graves nos meios urbanos que nos rurais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.