A evolução das proteínas

Novo estudo sugere que a evolução das hormonas não é linear

08 julho 2001
  |  Partilhar:

Uma nova investigação conduzida por cientistas britânicos sugere que a evolução de hormonas proteicas não é constante e linear mas dá-se, isso sim, em “pulsos” que correspondem a períodos de grande actividade e outros relativamente calmos. Assim, é sugerido que as hormonas, e provavelmente outras proteínas, são fortemente influenciadas pelo meio ambiente, e por isso evoluem desta forma descontínua.
 

 

Estes novas conclusões vão contra a ideia corrente em biologia, conhecida por neutralismo, de que todas as proteínas evoluem a uma taxa mais ou menos constante e que a maioria das modificações na configuração do DNA e das proteínas não afecta a sobrevivência do organismo.
 

 

O novo estudo sugere que uma hormona pode alterar-se rapidamente quando necessita de desempenhar outras funções, para além da sua função principal. Por exemplo, a hormona do crescimento, que tem um papel semelhante num grande número de animais, regula também a produção de leite em mamíferos.
 

 

Os cientistas compararam a estrutura de sete hormonas proteicas em nove espécies, incluindo o Homem, o Rato e o Cavalo e analisaram os seus padrões de evolução relacionando as diferenças estruturais com a posição relativa das espécies na árvore filogenética – ou seja, a sua posição no decorrer da evolução.
 

 

Para seis das sete hormonas estudadas, nas quais se incluem a insulina e a hormona do crescimento, a evolução parece ter sido descontínua. Cerca de 2/3 de todas as alterações ocorreram em “pulsos” que perfazem apenas 15% de todo o tempo de evolução.
 

 

Os cientistas pensam alargar o estudo a outras proteínas, para além das hormonas, para ver se a regra é geral para todas elas. Eles acreditam que sim.
 

 

A questão da evolução das proteínas é um dos debates centrais em biologia evolutiva e especialistas afirmam que, à medida que se vão conhecendo mais casos, menos se aceita a teoria neutralista e mais se verifica uma selecção natural e influência forte do ambiente na evolução das proteínas e dos organismos.
 

 

Helder Cunha Pereira
 

MNI – Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Nature

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.