A doença que desapareceu entre os judeus

Mutação genética e hereditária quase erradicada

25 janeiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

A «doença dos judeus», ou das células de Sachs, provocada por uma mutação genética que ataca o sistema nervoso dos recém-nascidos e até causar-lhes a morte antes dos quatro anos, está virtualmente erradicada, disseram especialistas norte- americanos. A afirmação partiu do israelita Haaretz, professor Robert Desnik, do departamento de Genética Humana do Hospital Monte Sinai de Nova Iorque.
 

 

Esta mutação genética e hereditária, descoberta há cerca de mil anos, afectava especialmente os judeus de origem leste-europeia, conhecidos por «asquenazes». Por esse motivo, em Israel, os casais podem submeter-se antes do casamento a um exame preventivo gratuito, quer para poderem dissolver o compromisso de união, quer para evitar o nascimento de filhos doentes.
 

 

Segundo Desnik, em 2003 só dez bebés nasceram com essa doença nos Estados Unidos e nenhum deles era judeu. Nesse ano, entre dezenas de milhar de nascimentos, um só bebé israelita nasceu com as células de Sachs, precisou o professor Joel Zlotogora, director do departamento de Genética da Comunidade no Ministério da Saúde israelita. Como a doença demora seis meses a desenvolver-se, não há ainda estatísticas referentes ao ano passado.
 

 

De acordo com Desnik, já são isolados os casos que venham a surgir, podendo por isso afirmar-se que a doença desapareceu entre os judeus.
 

A doença apareceu sobretudo entre os judeus ortodoxos com raízes na Europa oriental, onde residia o grosso dos israelitas deste continente até princípios do século XX, não afectando os judeus «sefarditas», originários da península ibérica e dos países árabes. Caso venha a confirmar-se, este seria o primeiro caso em que desaparece uma doença de carácter genético.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.