A antecipação de um dia stressante pode diminuir a capacidade cognitiva

Estudo publicado na revista “The Journals of Gerontology: Psychological Sciences”

06 julho 2018
  |  Partilhar:
 
Pode haver algum fundamento na expressão “começar o dia com o pé errado”: acordar com a preocupação de que o dia vai ser muito stressante pode ser prejudicial para o nosso estado de espírito durante todo o dia.
 
Investigadores da Universidade Penn State, EUA, descobriram que quando os participantes no seu estudo acordavam a pensar que o dia que iam enfrentar ia ser stressante, a sua memória operacional – que ajuda as pessoas a aprender e reter informação mesmo quando estão distraídas – era mais baixa durante esse dia. A antecipação de qualquer coisa stressante teve um grande efeito na memória operacional, independentemente do acontecimento stressante ocorrer ou não.
 
Jinshil Hyun, estudante de doutoramento em desenvolvimento humano e estudos sobre a família, afirma que os resultados sugerem que o processo de stress começa muito antes de o acontecimento stressante ocorrer.
  
“O homem pode antecipar coisas antes de elas acontecerem, o que nos ajuda a preparar-nos para enfrentar e mesmo evitar certos acontecimentos”, diz Hyun. “Mas este estudo sugere que essa capacidade também pode ser prejudicial para a nossa memória diária, independentemente de os acontecimentos stressantes ocorrerem ou não.”
 
Martin Sliwinski, diretor do Centro de Envelhecimento Saudável da Universidade Penn State, defende que a memória de trabalho pode afetar muitos aspetos da vida de uma pessoa e que uma memória de trabalho baixa pode ter um impacto negativo na vida diária, especialmente dos adultos mais velhos cuja capacidade cognitiva já está em declínio.
 
“Uma memória operacional reduzida pode levar a erros no trabalho ou a uma diminuição da capacidade de concentração”, explica Sliwinski. “Além disso, aplicando esta investigação ao contexto do envelhecimento, há certos erros cognitivos graves que podem ser cometidos pelos idosos. Tomar o comprimido errado ou enganarem-se quando estão a conduzir pode ter consequências catastróficas.”
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar