38% dos portugueses consumiram antibióticos no último ano

Dados do Eurobarómetro

19 novembro 2013
  |  Partilhar:

No último ano, quase quatro em cada dez portugueses (38%) consumiram antibióticos, um valor que esta um pouco acima da média europeia, de acordo com o Eurobarómetro.
 

Comparativamente com dados de 2009, o Eurobarómetro mostra que aumentou em cinco pontos a percentagem de portugueses que tomou antibióticos, enquanto na média da União Europeia (UE) esta desceu em cinco pontos.
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que a esmagadora maioria dos inquiridos disse ter tomado antibióticos mediante prescrição médica - 88% em Portugal e 87% na UE - e questionados sobre a doença tratada, a maioria dos portugueses disse ter sido gripe (22%, contra 18% na UE), seguindo-se garganta inflamada (15%, contra 11% na UE).
 

No que respeita à informação sobre a eficácia dos antibióticos, o Eurobarómetro mostra que apenas 19% dos portugueses classificaram como falsa a informação de que estes medicamentos matam vírus (UE 40%) e 27% sabem que não têm efeito na gripe ou constipações (UE 52%). Adicionalmente 79% dos inquiridos em Portugal classificaram como verdadeira a afirmação de que o abuso de antibióticos põe em causa a sua eficácia (UE 84%).
 

Bruxelas também divulgou dados do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, que mostram um forte aumento, na Europa, de bactérias Gram-negativas multirresistentes que apresentam resistência aos carbapenemes — antibióticos de última linha utilizados no tratamento de infeções associadas aos cuidados de saúde.
 

O comissário europeu para a Saúde, Tonio Borg, disse estar ”muito preocupado com o facto de os antibióticos, que nos permitiram tratar infeções bacterianas anteriormente mortais e salvar muitas vidas, estarem agora a tornar-se cada vez menos eficazes”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.