224 mil doentes em lista de espera

Relatório do Observatório Português dos Sistemas de Saúde

20 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

O Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS) calcula que, no final deste mês, 224 mil portugueses estejam à espera de uma operação nos hospitais, com uma demora média de 11 meses.
 

 

A forma como foi conduzido e propagandeado o combate às listas de espera é uma das duas grandes críticas ao anterior ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira, que o organismo considera, no entanto, ter sido o único dirigente a conseguir levar a cabo uma reforma no sector nos últimos dez anos.
 

 

No relatório da Primavera, que ontem foi apresentado, os 26 especialistas do observatório debruçam-se sobre a governação na Saúde no último ciclo político (2002-2005) e analisam os desafios que enfrenta o novo Governo.
 

 

O documento - feito em parceira pela Escola Nacional de Saúde Pública, o ISCTE e a Faculdade de Economia de Coimbra - é coordenado pelo ex-director-geral da Saúde Constantino Sakellarides, e foi elaborado por técnicos que colaboraram nos últimos governos PS, situação que os relatores defendem não interferir nos resultados do trabalho.
 

 

Fonte: Público
 

 

Para mais informações, consulte Observatório Português dos Sistemas de Saúde
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.