2002: Combate à droga «leva» quase 25 milhões de contos
25 outubro 2001
  |  Partilhar:

O Governo pretende gastar em 2002 com as políticas de combate à droga e à toxicodependência 24.923 milhões de contos, um acréscimo de 4,7% relativamente a 2001.
 

Até ao final deste ano serão despendidos cerca de 23,8 milhões de contos na área.
 

 

Para dar conta das verbas inscritas no Orçamento de Estado (OE) de 2002 para a área da droga e da toxicodependência, o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Vitalino Canas, foi ouvido pela Comissão Parlamentar de Saúde e Toxicodependência.
 

 

Vitalino Canas sublinhou que o acréscimo de cerca de 1,1 milhões de contos para o próximo ano permite englobar no total verbas já inscritas em vários departamentos governamentais com competência nesta área e 1,6 milhões de contos de dotação provisional.
 

 

O Instituto Português da Droga e da Toxicodependência terá uma fatia de 5.282 milhões de contos, dos quais 3,5 milhões serão por transferência do OE e 1,3 milhões de receita própria.
 

 

Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.