“Venha pelo seu pé”

Projeto da Associação Saúde em Português

21 março 2012
  |  Partilhar:

O centro de saúde de São Martinho do Bispo, em Coimbra, vai a partir da próxima semana contar com uma consulta do pé diabético, no âmbito de um projeto da Associação Saúde em Português.

 

Esta consulta, que está inserida no projeto “Venha pelo seu pé”, vai contar com a participação de quatro médicos, mais o coordenador, igual número de enfermeiros, um podologista e um técnico administrativo, que vão atuar junto dos doentes diabéticos da área deste centro de saúde, revelou à Agência Lusa o presidente da Saúde em Português – Associação de Profissionais de Cuidados de Saúde dos Países de Língua Portuguesa.

 

“O pé diabético é uma das complicações mais graves da ‘diabetes mellitus’. É responsável por 40 a 60% das amputações feitas por causas não traumáticas”, disse o médico.

 

A prevenção e o despiste dos pés em risco, através da sua observação direta, e a vigilância da evolução do pé diabético, são alguns dos objetivos desta consulta específica.

 

De acordo com o presidente da associação com sede em Coimbra, o projeto, com a duração de 12 meses, compreende ainda um "workshop" sobre pé diabético, oito sessões para a saúde, uma caminhada e um seminário destinado a profissionais de saúde.

 

Está prevista também um projeto de investigação científica com uma amostra representativa da população-alvo abrangida pelo centro de saúde de São Martinho do Bispo, cerca de 26 mil pessoas, e a criação de um blogue informativo.

 

De acordo com dados do presidente da Saúde em Português, nos países ocidentais, 25% da população diabética desenvolve uma úlcera no pé e 50% das úlceras infetam.

 

Segundo Hernâni Caniço, estima-se que 12% da população portuguesa seja diabética, mas apenas seis a oito por cento se encontra diagnosticada.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.