“Insuficiência económica” dá direito a transporte gratuito para o hospital

Governo abre excepções

30 março 2011
  |  Partilhar:

Os hemodialisados, transplantados, doentes oncológicos, acamados prolongados, pessoas com doenças do foro ortopédico ou psiquiátrico são alguns dos doentes que não vão ter que provar a sua "insuficiência económica" para terem direito a transporte gratuito nas idas ao hospital ou ao centro de saúde, dá conta uma notícia difundida pelo "Jornal de Negócios”.

 

De acordo com o jornal, o Ministério da Saúde recuou parcialmente, aceitando que só os utentes sem indicação terapêutica específica tenham que obedecer ao critério económico para ficarem isentos. E é em relação a estes que se mantém a discussão em torno do conceito de "insuficiência económica".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.