“Abraço à MAC”

Centenas de pessoas aderiram à manifestação

12 abril 2012
  |  Partilhar:

Centenas de pessoas responderam ao apelo para formar um cordão humano, em torno da Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, como contestação ao anúncio do encerramento deste estabelecimento de saúde até 2015.

 

Segundo fontes clínicas, a ideia do “Abraço à MAC” partiu de profissionais desta instituição – médicos, enfermeiros e administrativos –, mas também de utentes e familiares que se consideram ligados a este estabelecimento de saúde.

 

Um dos pontos altos da concentração - que formou um cordão de pessoas que deu duas voltas ao edifício do centro de Lisboa – ocorreu quando vários técnicos saíram pela porta principal, em traje de trabalho, e começaram a bater palmas aos manifestantes, que responderam entusiasticamente à atitude, dá conta a notícia avançada pela agência Lusa.

 

Na passada terça-feira, o ministro da Saúde disse que a MAC deveria encerrar durante a presente legislatura, tendo-se limitado a afirmar que o mais importante da MAC – o seu ‘know-how’ e as equipas – seriam mantidos.

 

Por outro lado, o primeiro-ministro português revelou que o encerramento da MAC visa "aproveitar, o melhor possível, as equipas técnicas que estão em funcionamento" naquela unidade hospitalar.

 

Na opinião de Pedro Passos Coelho, a MAC "uma unidade histórica em Portugal que não pode ficar parada no tempo, tem de evoluir".

 

Os profissionais de saúde reagiram de imediato e reuniram-se no anfiteatro da instituição, tendo decidido não se pronunciar sobre as notícias, mas revelando sob anonimato que estão decididos a lutar pela manutenção das equipas da MAC.

 

Contudo, os ativistas que se opõem ao encerramento, prometem não baixar os braços e, no próximo dia 19, vão voltar a promover outra mobilização ao final da tarde, desta vez entre o histórico edifício da maternidade e o Ministério da Saúde, a cerca de um quilómetro de distância.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.