“A Depressão dói. Mas pode deixar de doer”

Primeira campanha nacional alerta para doença

05 outubro 2010
  |  Partilhar:

“A Depressão dói. Mas pode deixar de doer” é o mote da primeira campanha nacional integrada sobre depressão que pretende alertar para a sua “dimensão emocional e física”. Trata-se de uma iniciativa da farmacêutica Lilly que conta com o apoio da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental.

 

A campanha começou na semana passada a ser difundida através da televisão, da rádio, da imprensa, dos meios online, de cartazes em unidades de saúde e farmácias e através de uma unidade móvel interactiva que irá percorrer várias cidades até ao início de Dezembro.

 

No camião, as pessoas poderão, através de conteúdos interactivos, perceber o que é a depressão, como se manifesta e quais os sintomas que lhe estão associados, o seu impacto no dia-a-dia dos doentes, visitar as regiões do cérebro envolvidas na depressão e responder a um autodiagnóstico que pode ser impresso para levar a um médico.

 

Dados avançados à agência Lusa pela consultora IMS Health indicam que, entre Setembro de 2009 e Agosto de 2010, foram vendidas em Portugal 6.885 milhões de embalagens de anti-depressivos e estabilizadores de humor (mais 4% em relação ao ano anterior) no valor de 117,1 milhões de euros. Até Agosto de 2009 tinha havido uma descida de 9% do valor destes medicamentos face ao ano anterior.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhe as suas experiências no nosso fórum sobre Depressão.

Partilhar:
Classificações: 37Média: 4
Comentários 58 Comentar

Depressão

Obrigada pelo seu contacto e sentimos muito pela situação em que se encontra. No entanto, o serviço que prestamos é meramente de divulgação científica e não de prática clínica. Como tal, aconselhamos que contacte o seu médico de família ou um especialista. Em Portugal existem várias linhas de apoio a pessoas com o mesmo problema que poderá contactar para uma ajuda mais imediata.

Abaixo segue o contacto de algumas dessas linhas:

VOZ DE APOIO [http://www.vozdeapoio.pt/]
Tel: 225 50 60 70
Horário: das 21h às 24h

Centro SOS- Voz Amiga [http://www.sosvozamiga.org/index.php?pg=3&spg=11]
Ligue-nos. Nós ligamos. Diariamente das 16h às 24h
Telf.: 21 354 45 45
Tlm.: 91 280 26 69
Tlm.: 96 352 46 60

Esperamos que se sinta melhor muito em breve.

Desespero

Estou com uma depressão há mais de 10 anos. Tudo começou com um mal estar pequeno, perca de vontades, até dos hobbies que me divetiam. Fui tratado, mas nunca recuperei completamente e o resultado tem sido não aguentar um trabalho, não tenho amigos, só me apetece dormir e chorar, de manhã quando acordo só consigo ver o mundo como um lugar horrivel. Continuo sem trabalho e pior, estou quase sem dinheiro, farto de mim, farto de tudo

Depressão

Depressão pós separação. Muita dor. Sem vontade de viver. Preciso de ajuda.

Depressão

Muita dor. Fase pós separação. Dificuldade de falar. Só vontade de morrer. Preciso de ajuda.

Depressão

Muita dor. Fase pós separação. Dificuldade de falar. Só vontade de morrer. Preciso de ajuda.

Depressão

Muita dor. Fase pós separação. Dificuldade de falar. Só vontade de morrer. Preciso de ajuda.

depressao

ha 8 anos vivo neste inferno....,tenho medo de tudo,nao saio p lado nenhum,as vezes as pessoas telefonam me e eu nem atendo pk simplesmente nao tenho vontade de falar com ninguem...passo os dias com dores,so nao passo o dia deitada pk tenho 3 filhos e 3 enteados... ha dias k ando mais ou menos,mas tem outros k tou pessima,quando tenho dores mais k um dia ou dois penso logo k tenho uma doença e k vou morrer..... tenho pavor da morte,tenho pavor de ter uma doença grave....medo de deixar os meus filhos sem mae....tenho medo de tudo,deixei de fazer td o k gostava pk tenho medo de ficar doente..pensamentos negativos a tda ahora,sp muito agitada e preocupada com td e tdos...enfim vou vivendo um dia de cada,mas as vezes e muito dificil....

Depressão, Amizades que acabam mal

Durante os meus 19 anos de vida eu sempre fui uma pessoa alegre mas nos ultimos 3 meses já não me consigo reconhecer....Tudo aconteceu á 3 meses atrás quando uma grande amiga minha ,pela qual eu tinha um especial carinho e a via como alguém superior a uma amiga, começou a tratar-me um pouco mal...Ela era muito orgulhosa, por isso pensei que fosse só uma daquelas fases parvas, mas estava muito enganada....Em Janeiro ela começou a tratar-me ainda pior e ela dizia-me que tudo em relação a mim a conseguia meter fora dos sentidos...Ela deixou de perguntar se estava tudo bem comigo e raramente fazia um esforço para falar comigo...Todas as minhas grandes amigas foram para outro país estudar, logo ela era a unica pessoa em quem eu conseguia, ou pensava conseguir ter algum apoio...Pensei que se me mostrasse interessada nela que ela iria mudar mas não...ela começou a tratar-me ainda pior...No dia 14 de Fevereiro liguei-lhe imensas vezes e ela não me atendeu...quando dei por mim reparei que ela me tinha bloqueado em tudo o que era sitio...Não falo com ela desde então e sinceramente não devo falar com ela tão cedo...se vier a falar com ela...Ela foi um dos meus grandes apoios e nunca percebi o que tinha feito de errado...No mês Janeiro-Fevereiro evitei falar com ela 15 dias pensando que ela fosse sentir a minha falta, mas estava errada...Neste momento passo o tempo todo a pensar nela porque não tenho ninguém...Deixei de confiar nas pessoas e sinto que não tenho qualquer motivo para viver...Nunca estive tão embaixo...

Ansiedade doi - voz amiga

Hoje a tristeza tomou conta de mim e numa tentativa de uma palavra amiga tentei falar com alguma linha de apoio, mas hoje ninguém me atendeu.

Assim, que pensei criar um serviço grátis para quem necessita um conselho ou uma simples compreensão do seu estado, não sou profissional, mas pelo menos posso falar com pessoas que estão na mesma situação que eu.

A minha querida amiga

Tenho uma amga, a irmao que nunca tive, que está mto mal. Hj desapareceu, nao sei o que hei de fazer. estou desesperada. Ja liguei para os hospitais. e nada. e agora.
a quem posso recorrer??

Página 1 de 6

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.