“Morte Súbita no Desporto”

11º congresso europeu de ecocardiografia

06 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

A morte súbita no desporto, as dificuldades no diagnóstico e os avanços científicos vão ser discutidos esta quinta-feira no Pavilhão de Congressos de Lisboa, num simpósio englobado no 11º congresso europeu de ecocardiografia (EUROECHO 11).
 

 

O simpósio "Coração de Atleta - Morte Súbita no Desporto" estará dividido em três grandes vertentes do combate ao problema: diagnóstico, prevenção e formas de tratamento.
 

 

O diagnóstico dos problemas associados à morte súbita é, segundo Nuno Cardim, coordenador do Grupo de Estudos de Ecocardiografia, bastante complicado, uma vez que "o coração sofre diferentes alterações com a prática desportiva", que ainda não são completamente conhecidas.
 

 

O coordenador do Grupo de Estudos de Ecocardiografia da Sociedade Portuguesa de Cardiologia destacou, a nível internacional, a participação do galês Alan Fraser e do italiano Luigi D''Andrea, realçando ainda as prelecções dos portugueses Hugo Madeira, presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, e de António Freitas.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.