“Manual de Elaboração, Disseminação e Implementação de Normas de Orientação Clínica”

Manual elaborado pela Faculdade de Medicina de Lisboa

11 outubro 2007
  |  Partilhar:

 

O novo “Manual de Elaboração, Disseminação e Implementação de Normas de Orientação Clínica”, recentemente apresentado pelo Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência (CEMBE), da Faculdade de Medicina de Lisboa, pretende melhorar e facilitar as avaliações médicas por parte dos profissionais de saúde.
 

 

O manual reúne um conjunto de recomendações de apoio à decisão clínica – em termos de diagnóstico ou terapêutica – que permitem aumentar a eficiência e minimizar os riscos, com o objectivo final de melhorar os cuidados e serviços do Sistema Nacional de Saúde (SNS).
 

 

Anualmente são elaboradas centenas de Normas de Orientação Clínica (NOC) que, muitas vezes, analisam a mesma evidência e emitem recomendações distintas, uma vez que há diferentes métodos de elaboração destas guidelines. Aliás, segundo os especialistas, a principal limitação destes documentos é o facto das recomendações nela incluídas poderem ser incorrectas.
 

 

Nesse sentido, e segundo a nota enviada à imprensa pelo CEMBE, este manual teve por objectivo “sistematizar todos os avanços científicos desenvolvidos nesta área nos últimos anos”.
 

 

De acordo com o Prof. António Vaz Carneiro, Director do CEMBE e um dos autores do livro, “este manual poderá interessar a todos os profissionais de saúde que desejem elaborar NOCs que possam ser utilizadas no apoio à assistência clínica directa aos doentes, não excluindo os responsáveis pela gestão e administração dos serviços e até na definição de políticas globais.”
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.