“Estudos sobre o para-suicídio - O que leva os jovens a espreitar a morte”

Livro do psiquiatra Carlos Braz Saraiva

02 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

"Estudos sobre o para-suicídio - O que leva os jovens a espreitar a morte", o livro do psiquiatra Carlos Braz Saraiva, responsável pela Consulta de Prevenção do Suicídio dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), foi apresentado durante sextas Jornadas sobre Comportamentos Suicidários, que decorreram até sábado no Luso.
 

 

Ao apresentar a obra, o director da Clínica Psiquiátrica dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), Adriano Vaz Serra, considerou-a "imprescindível para qualquer pessoa que se interesse pelo tema".
 

 

"É um livro muito rico, com informação actualizada, fácil de ler e de ser compreendido, que aborda as dimensões científicas, sócio-culturais, religiosas e epidemiológicas do para-suicídio", afirmou o professor catedrático da Faculdade de Medicina de Coimbra.
 

 

Segundo Braz Saraiva, as pessoas que tentam suicidar-se - sobretudo jovens com idades entre os 15 e os 24 anos, maioritariamente raparigas - encontram-se "doentes, vulneráveis, têm dificuldade em lidar com situações de stress" e o seu estado, "muitas vezes, não é valorizado no contexto da relação médico/paciente".
 

 

Organizadas pela Consulta de Prevenção do Suicídio e Clínica Psiquiátrica dos HUC, as jornadas contaram com o patrocínio da Sociedade Portuguesa de Suicidologia.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.