“Associadas da AFP são alvo de discriminação informativa”

Associação de Farmácias de Portugal lança alerta

12 maio 2008
  |  Partilhar:

Em comunicado enviado à imprensa, a Associação de Farmácias de Portugal (AFP) alerta para “a descriminação de que as suas associadas são alvo no que diz respeito à informação sobre farmácias de serviço disponibilizada pelos órgãos de comunicação social nos diferentes meios de comunicação”.
 

 

Segundo a presidente da AFP, Graça Pereira Lopes, “é de extrema utilidade que os órgãos de comunicação social forneçam essa informação de forma correcta. Pior que a ausência de informação, é uma informação incorrecta que, neste caso particular, pode causar graves prejuízos aos utentes, principalmente aos que numa noite se dirijam à farmácia de turno que julguem ser a mais próxima”.
 

 

Presentemente, a comunicação social veicula a informação fornecida pela Associação Nacional das Farmácias (ANF) que omite, das listas oficiais de turnos, as farmácias não associadas, isto é, as farmácias associadas à AFP, espalhadas por todo o país.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar