ALERT® EDIS arrancou nos EUA
30 janeiro 2009
  |  Partilhar:

O SEARHC (SouthEast Alaska Regional Health Consortium) deu, na quarta-feira, um grande passo no seu caminho para a adopção de um processo clínico electrónico completo, ao tornar-se na primeira organização de prestação de cuidados de saúde dos Estados Unidos a pôr em funcionamento o software Emergency Department Information System (EDIS). 

 

A aplicação ALERT® EDIS, da empresa ALERT Life Sciences Computing, Inc., entrou em funcionamento nos serviços de urgência do Mt. Edgecumbe Hospital. Desta forma, o SEARHC poderá testar numa pequena escala o seu novo sistema de processo clínico electrónico, antes do arranque em todas as suas clínicas, no próximo Verão, da aplicação ALERT® OUTPATIENT, uma solução de maiores dimensões. 

 

O SEARHC encontra-se a meio da implementação de um projecto de transformação de 2 anos que prevê a conversão de registos em papel num processo clínico electrónico (EHR) completo. O valor deste projecto ascende a 4,2 milhões de euros. Após a conclusão desta transformação, que está prevista para os finais de 2009, o SEARHC tornar-se-á num dos primeiros e maiores sistemas de saúde tribais do país a possuir um processo clínico electrónico. O SEARHC passou a usar, no decurso de 2008, vários computadores standalone para a sua área de negócios, laboratório, farmácia, radiologia e outros serviços. O ALERT® EDIS e o OUTPATIENT transformam todos esses programas standalone num sistema global. 

 

"Assim que estiver concluído, o sofisticado sistema do SEARHC permitirá uma maior ênfase na melhoria do acesso dos pacientes aos cuidados de saúde", afirmou Roald Helgesen, presidente do Conselho de Administração do SEARHC. 

 

"O SEARHC é a primeira organização de saúde dos Estados Unidos a testemunhar o arranque do ALERT®", declarou Jerry Colachino, vice-presidente das Vendas e Operações. Jerry Colachino esteve presente em Sitka para o lançamento do software. "O ALERT® permite que os prestadores de cuidados de saúde do SEARHC tenham um acesso completo e sem restrições a todas as partes do processo do paciente." 

 

A ALERT Life Sciences Computing é uma novidade nos Estados Unidos, mas os programas de processo clínico electrónico da empresa são já utilizados por numerosas instituições de saúde em Portugal, Espanha, Itália, Brasil e Malásia. A ALERT possui contratos ou instalações a decorrerem em várias outras instituições de saúde dos Estados Unidos, mas não houve ainda o arranque em nenhuma delas. A ALERT manterá em Sitka, durante 45 dias, colaboradores de acompanhamento presencial para prestarem apoio aos utilizadores na sua familiarização com o sistema, o que Jerry Coalchino denomina de “transição suave”. Outros colaboradores da ALERT encontram-se também no local com o intuito de ajudarem na parametrização do ALERT® EDIS e ALERT® OUTPATIENT de acordo com as necessidades do SEARHC. Sendo uma das primeiras instituições a implementarem o ALERT®, o SEARHC tornar-se-á num local de demonstrações para outras organizações de prestação de cuidados de saúde que pretendam instalar um sistema de processo clínico electrónico. 

 

"Sabíamos que o ALERT® era um produto que se estava a desenvolver rapidamente e que poderia, portanto, ser adaptado às nossas necessidades", afirmou Peter Apathy, gestor de Projecto de Transformação de Sistemas do SEARHC. 

 

A mudança para o processo clínico electrónico permitirá ao SEARHC prestar melhores cuidados de saúde aos seus pacientes. O SEARHC é um consórcio de 18 comunidades nativas do Alasca, espalhadas numa área do tamanho da Florida, e que incluem várias comunidades que só têm acesso por avião ou barco. Muitos pacientes do SEARHC consultam um prestador de cuidados médicos na sua aldeia, mas depois, caso necessitem de tratamentos mais complexos, têm que se deslocar para o Mt. Edgecumbe Hospital, em Sitka, ou para o Ethel Lund Medical Center, em Juneau. Com os registos em papel, por vezes sucedia eles encontrarem-se dispersos por diversos locais, o que atrasava a prestação de cuidados ou resultava na repetição de procedimentos. 

 

O novo processo clínico electrónico permitirá aos prestadores de cuidados de saúde do SEARHC o acesso imediato a todos os elementos dos registos do paciente, os quais são actualizados em tempo real. O novo sistema de processo clínico electrónico irá permitir que os profissionais se mantenham a par da medicação e dos resultados de análises e visualizem os raios-X e outros exames de imagens. Este sistema possibilitará a prevenção de doenças crónicas e fornecerá ferramentas para o assistente social, dependendo dos riscos pessoais de saúde para o paciente. O programa está também a ser adaptado às necessidades comportamentais de saúde e, assim que estiver em pleno funcionamento, os pacientes terão a possibilidade de criar os seus próprios processos de saúde, que poderão levar consigo caso necessitem de viajar ou de aceder a cuidados de saúde fora do sistema SEARHC. 

 

"O novo processo clínico electrónico do SEARHC e a transformação dos sistemas podem servir como modelo para outras organizações de nativos", declarou Helgesen. "O SEARHC está a documentar todo o processo de transformação do sistema, para que o que se aprenda com os erros cometidos possa ser partilhado com outras organizações tribais e rurais".

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.