Vai conduzir? Não se esqueça!

- De preferência, não beba;
- Crianças: só no banco de trás;
- Coloque o cinto de segurança;
- Redobre a atenção se conduzir sob chuva ou nevoeiro;
- Respeite os sinais de trânsito;
- Nas viagens prolongadas faça várias pausas para descanço.

Mas só isto não chega para evitar acidentes de trânsito, é necessário ter:

- Boas estradas;
- Sinalização eficiente e actualizada;
- Viaturas vistoriadas convenientemente;
- Boa actuação policial.

RE: Vai conduzir? Não se esqueça!

Os condutores portugueses são, na minha opinião, tão bons como os portugueses que fazem outras coisas.
Os políticos são o que são, tal como os médicos ou os jornalistas.
Somos o que somos, no país que temos.
É claro que isto é confundir a beira da estrada com a estrada de Beira.
Ou seja, se não queremos confundir a obra prima do Mestre com a prima do mestre de obras, teremos de investir nas pessoas, sejam elas condutores ou outra coisa qualquer.

Penalização

A mensagem do Orlando Castro é-me difícil de compreender. Gostava muito que me explicasse, por outras palavras, o que pretende dizer.

Eu sou de opinião de que conduzimos particularmente mal. Muito mal mesmo.

Parece-me que existe um sentido muito forte de impunidade. De que se pode fazer o que se quer na estrada. E quem não estiver contente leva com sinais de luzes e insultos.

Quanto ao resto, parece-me que não somos tão maus assim. Temos feito grandes coisas. Mas na estrada, é particularmente uma grande desgraça.

Penso que precisamos de penalizar as pessoas que causam acidentes. Deveriamos incentivar os processos a culpados de acidentes de viação. Aumentar os seguros e multar quem causa acidentes, obrigar os transgressores a passar umas horas numa escola de condução, tirar-lhes a carta por longos períodos de tempo, enfim, penalização, se quiser, num país de despenalização.

RE: Penalização

Penso que não percebi nada da do que o Sr Orlando Castro escreveu, gostava que mo explicasse.
o que julgo entender e que diz que nos portugueses não valemos nada, será isso que quer dizer?
existe muita coisa em portugal que vai mal, e uma verdade....
No que concerne ao assunto em causa, eu acho que nos não conduzimos mal, existe um ou outro elemento, mas isso e em todo o lado...
temos e estradas perigosas, IP3 IP5 125.
por exemplo tenho uma avenida ao pe de minha casa em que existem automoveis que se despistam a subir, qual o motivo?
o motivo e que a estrada esta feita com a inclinação ao contrario, quando se faz uma curva a inclinação da estrada deve ser para dentro, naquela estrada acontece o contrario.
no que diz respeito aos seguros, eu nunca tive nenhum agravamento, este ano recebi uma carta da seguradora, que me dizia que eu era um condutor exemplar gostavam de me ter ne companhia deles, mas como no ano passado houve muitos sinistros em portugal resolveram aumentar os seguros, eu fui a seguradora pedir satisfações, porque acho q não tenho o dever de pagar pelos acidentes dos outros, e disseram-me la que somos todos responsáveis.
no que diz respeito a penalização, julgo que ja somos bem penalizados.

Jorge Carvalho